Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Por Definir

Por Definir

29
Mai20

A cidade e as aplicações

Hoje ouvi uma frase do Bruno Nogueira numa entrevista com a qual me identifiquei que foi: "Não gosto da cidade. Parece um telemóvel com todas as aplicações abertas ao mesmo tempo". 

Desde há muito tempo que digo que não pertenço a este século, que devia ter nascido na primeira metade do século XX. E digo isto por me sentir assoberbada, essencialmente, pelas tecnologias e pelo seu consequente bombardeamento de informação. Acredito que seria muito mais feliz se apenas tivesse a televisão, a rádio ou os jornais como meios de comunicação, tal e qual como antigamente. 

Creio que já aqui referi que a evolução das tecnologias tem um valor inquestionável porque sem ela a qualidade de vida que temos hoje em dia não existiria mas acredito que está a tomar proporções desumanas. 

O Bruno Nogueira não gosta da cidade mas eu não gosto é de todas as aplicações abertas ao mesmo tempo.

10
Mai20

Não sejam como eu

Quando era criança e me perguntavam o que queria ser quando fosse grande dizia que queria ser bibliotecária. Ninguém estranhava visto que eu andava sempre com livros atrás. Quando a minha mãe trabalhava no mini-mercado da vila, havia uma cadeira encostada ao canto dos detergentes da roupa que era ocupada por mim quando saía da escola e esperava ir para casa. Com as pernas a baloiçar e dor no pescoço, abria um livro no colo e lia até que não aguentasse mais olhar para baixo. Todos os habitantes da vila que iam fazer as suas compras me conheciam, a mim e aos livros como se fossemos indivisíveis.

Hoje em dia, ainda que adorasse trabalhar numa biblioteca, atrai-me mais a ideia de ser escritora. E assim que este pensamento surge, desaparece rapidamente com a lembrança de que há muitos leitores por aí que desejavam escrever um livro. Serem escritores, portanto. E a maior parte não chega a publicar nenhum ao longo da sua vida. 

Questiono-me porquê. Falta de talento? E se eu disser que acredito que o talento se constrói? Falta de motivação/persistência? Acredito que existam muitas pessoas resilientes por aí. Será porquê? E, logo depois, desacredito na minha ideia, no meu sonho.

Não sejam como eu. Acreditem nos vossos sonhos.  

06
Mai20

Do Alentejo

O chilrear das aves, o cantar dos galos, o som estridente das cigarras e um ou outro latido são os sons que oiço quando puxo uma cadeira para o pátio com um livro na mão e um café. 

Quando me sento e olho ao redor apenas alcançando flores, ervas, árvores e pássaros das mais diferentes espécies, tenho a certeza que pertenço aqui e que este é o meu lugar preferido do mundo, não importa para onde vá. 

 

Nota

Todas as imagens aqui publicadas são do Pinterest, excepto se existirem indicações contrárias.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D