Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Por Definir

Por Definir

17.Set.18

Certezas

No domingo estivemos pelas montanhas de fauna e flora absolutamente incríveis. O clima tropical torna tudo muito verde e a vegetação densa. Quando estávamos a passar de mota pelos caminhos curvilíneos e montanhosos, sentíamos uma humidade extrema tal e qual como se estivéssemos dentro de uma estufa. Era incomodativo e sufocante mas as máscaras que usávamos ajudaram a tornar o ar respirável. Parámos em vários pontos para apreciar as paisagens e a natureza intocável pelo Homem. 

Vários locais tentaram vender os seus produtos, o que acabou por me aborrecer um bocadinho. Houve ainda um grupo de pessoas de meia-idade que nos pediram moedas de Portugal para a sua coleção. Ingenuamente, abri a carteira para lhes dar uns cêntimos e quando dei conta estavam todos em cima de mim a tentar tirar-me a carteira e a pedir uma nota de 20€. Nervosa, comecei a gritar e foi assim que se foram embora. 

Depois desta peripécia, continuamos o nosso plano e chegámos numa cascata onde, mais uma vez, nos indicaram o caminho para um restaurante e  nos pediram dinheiro, incessantemente. Por esta altura eu já não ouvia. Limitava-me a dizer 'no, thanks' assim que começavam a falar. A cascata estava cheia de locais e alguns turistas que se deliciavam com a água transparente e fresca onde mergulhavam vezes sem conta. Aqui, fotografei imensas crianças lindas de morrer e extremamente amorosas que estavam a brincar com a água.

A minha câmera está cheia de fotografias mas não encontro o cabo que a conecta ao computador nas lojas onde já fui. Aparentemente, já é antigo. Seguimos para a praia onde não encontrei nenhuma diferença das praias portuguesas, apenas que estava vazia. Já de regresso para a cidade, descobrimos um lago à beira de uma aldeia digno de um postal. Sentimos a magia quando parámos e ficámos os dois em silêncio. Sentamo-nos a observar e a sentir a paz que as montanhas transpiravam e a calma que a água nos transmitia. 

Naquele momento, soube que tinha tomado uma decisão acertada ao ter voado até (quase) ao outro lado do mundo. E não há nenhuma fotografia que faça jus ao que os nosso olhos captaram. 

Nota

Todas as imagens aqui publicadas são do Pinterest, excepto se existirem indicações contrárias.