Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Por Definir

Por Definir

10
Dez18

O deslumbramento em Singapura e as saudades de casa

O céu está escuro e ouvem-se os ribombar dos trovões. Abriguei-me num edifício alto e escuro com laivos de riqueza. Quando dei por mim estava numa biblioteca, de onde escrevo.
Aqui em Singapura é tudo muito limpo, muito organizado e muito diversificado. O multiculturalismo é o que define a cidade juntamente com os seus prédios altos e espaços verdes onde o conforto se faz sentir. As pessoas são educadas, simpáticas, amigáveis e aqui, a segurança é respirável. Compreendo o elevado número de imigrantes que escolhe esta cidade para residir.

Enquanto visito as ruas e ruelas, um sentimento misto acompanha-me durante todo o tempo. Morro de felicidade por estar a concretizar um sonho e morro de tristeza por não o puder partilhar. Ainda que fale diariamente com os meus, o que eu mais queria era que eles estivessem comigo e que pudessem sentir o que eu sinto sempre que me deslumbro.
Creio que é um sentimento comum aos viajantes a solo: os dois lados da moeda sempre presentes. A vontade de voltar a casa é maior a cada dia que passa. Não falta quase nada mas ainda falta tanto. Oh tempo, podes voar?

Nota

Todas as imagens aqui publicadas são do Pinterest, excepto se existirem indicações contrárias.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D